Ai Weiwei: política e polêmica através da arquitetura, design e arte

Arte, arquitetura e design completamente mesclados em um trabalho com forte posicionamento político, muitas vezes polêmico. Assim podemos resumir as criações de Ai Weiwei, um multi artista: esculturas, instalações, projetos arquitetônicos e de design, curador, fotógrafo, cineasta e um crítico social, político e cultural. Seu pai foi preso durante a Revolução Cultural de Mao. Forçado a queimar seus livros, foi acusado de intelectual antirrevolucionário e condenado a limpar latrinas. Atualmente, o artista aparece em manchetes nos jornais, por “desentendimentos” com o governo chinês, em uma história parecida com a de seu pai, em seu caso, por ser crítico ativo de sua cultura e apresentar suas opiniões e posicionamentos através de suas obras.

Colaborou com os arquitetos suíços Herzog e de Meuron como consultor artístico no projeto do Estádio Nacional de Pequim, também conhecido como “Ninho de Pássaros”, construção encomendada pelo governo chinês para os Jogos Olímpicos de 2008. Apesar de ter se afastado do projeto por posicionamentos contra as Olimpíadas, afirma ter aceitado o convite por “ser um apaixonado por design”.

“Forever”, 2003

Em 2008, um terremoto ocorreu na província chinesa de Sichuan. Entre as 80.000 vítimas, milhares eram crianças, que foram soterradas pelas ruínas de suas escolas. Com um time de 30 voluntários, Weiwei pesquisou os nomes das vítimas – ao contrário do governo chinês, que não fornecia informação oficial com o real número de mortos – e publicou mais de quatro mil nomes em seu blog.

“Remembering” 2009

“Remembering” foi construída com 9 mil mochilas feitas especialmente para a obra.  Com esta instalação o artista relembra o terremoto, já que diversas mochilas das crianças soterradas foram encontradas sob os destroços. A obra traz a frase em chinês “Ela viveu feliz para sempre durante sete anos neste mundo”. As palavras foram ditas por uma das mães das vítimas.

“Fairytale”, 2007

O projeto intitulado “Fairytale” chamou muita atenção na mostra Documenta de 2007, na Alemanha, quando o artista convidou 1001 chineses para participar da montagem da obra. Eles chegaram em grupos de 200 pessoas e ficaram na cidade por uma semana. Para muitos, foi sua primeira viagem ao exterior, para outros, sua primeira viagem na vida. Convencido que as experiências individuais são a base de uma mudança social, o artista queria que seus conterrâneos vivessem dias realmente inesquecíveis. Cada um dos 1001 chineses convidados por Weiwei é representado na exposição por um retrato, cujo a reunião de todas as fotos dos participantes resultou em um papel de parede feito com as imagens.

“Deixando cair uma Urna da Dinastia Han”, 1995

Destruição e reciclagem

Ai Weiwei utiliza antiguidades e artefatos espirituais chineses que ele altera significantemente ou cuja sua destruição integra seus trabalhos. Um bom exemplo, é seu trabalho com vasos chineses antigos, que foram retrabalhados pelo artista: a série fotográfica em 3 parte que retrata o próprio derrubando um vaso, que se quebra em mil pedaços (“Deixando cair uma Urna da Dinastia Han”, 1995). Vasos pintados com a logo da Coca Cola e vasos mergulhados em tintas industriais. À primeira vista, essas ações e performances parecem ser gestos iconoclastas, ainda que Ai Weiwei tem como objetivo é fazer perguntas como o velho e o novo podem coexistir, o que a nova qualidade de tradição podia ser vista e como a China moderna se refere a si mesma. Seus trabalhos provocam questões cruciais de qualquer cultura: “Quem decide o que é precioso”? “Quem decide quais são valores estabelecidos por uma sociedade e por qual razão”?

 

Suas instalações e projetos são sempre grandiosos e movimentam enormes equipes para sua realização. Em 2011, expôs na Tate Modern em Londres a instalação “Sunflower Seeds”, onde colocou 100 milhões de sementes de girassol feiras de porcelana nas instalações da galeria. Para concluir a obra foi necessário que mil e seiscentas pessoas se empenhassem durante dois anos e meio na confecção das sementes.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s