As bicicletas de Ai WeiWei

stacked01

A Galleria Continua apresenta a primeira exposição solo de Ai Weiwei na sua sede em San Gimignano, na Itália. Composta pelo trabalho de escultura, fotografia e vídeo do artista chinês, a mostra dá ênfase à sua indiferença à cultura e tradição chinesas, demonstrando sua habilidade de projetar-se à modernidade, dentro de uma incansável consciência social e política.

stacked03

Uma das mais marcantes peças exibidas é uma instalação interativa composta de 760 bicicletas, apresentada no palco principal da galeria. O projeto é uma continuação do controverso trabalho de 2008, Very Yao, que já falamos aqui no blog. Stacked traz à luz os principais meios de transporte do seu país natal.

stacked09

As bicicletas escolhidas para o seu trabalho são produzidas pela marca Forever (yong jiu pai), a marca mais comum de bicicletas na China.

stacked12

Enquanto se observa as centenas de bicicletas sistematicamente ordenadas, se torna evidente como Ai WeiWei explora a manufatura em massa; os mecanismos de correia de certa forma representam a matriz de pessoas que compõem a força de trabalho. A peça pode ser interpretada como uma ativação de um processo de abstração, como um todo, vista como uma metáfora da industrialização chinesa.

stacked11

A exposição segue até 16 de fevereiro de 2013.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s